English Dutch French German Portuguese Spanish
Menu

A Galp, o Governo, a população e o jogo de xadrez político!

Acordámos hoje com uma interessante notícia exclusiva no Correio da Manhã, que afirmou que a Galp não iria fazer o furo previsto para este ano no offshore de Aljezur, e que ainda foi mais longe, porque insinuou que o consórcio tinha abandonado a sua intenção de perfurar.

 

Com o notícia do ano passado ainda fresca nas nossas cabeças - de que a Galp adiava a perfuração até 2018, a decisão anunciada hoje no CM está a ser levada pouco a sério pela ASMAA.

 

Tomámos em conta, a votação na Assembleia da República que decorreu na semana passada, assim como muitas das contradições que saíram das bocas de consultores de relações publicas do governo, que claramente indica e reforça a posição do governo, como sendo totalmente pro-exploração de hidrocarbonetos, apesar das noticias cheias de anbuiguidade destribuidas através das principais fontes da comunicação social portuguesa.

 

Não podemos esquecer, a "a venda a granel" feita pela Ministra do Mar, do nosso offshore nos EUA em Setembro, nem o fato de ela não ter dado até agora, resposta ao moderador da petição submetida pela ASMAA, assim como à nossa carta, que lhe foi entregue a 30 de Março, em Lisboa. Também não podemos esquecer, a campanha de marketing de novas áreas de concessão feita por Paulo Carmona na Inglaterra a potenciais investidores, enquanto ele ainda estava na ENMC, como também não podemos esquecer que a submissão da nossa queixa á Procuradoria-Geral da República e ao Tribunal de Contas - investigações que ainda não estão terminadas, nem as duas providências cautelares enviadas (AMAL e Câmara Municipal de Odemira) aos tribunais, para impedir esta perfuração - processos que ainda estão a ser investigados pelos juizes do tribunal administrativo de Lisboa.

 

Ao todo, há muita coisa que todos nós temos que ter em conta.

Mas recapitulando um pouco mais, a Galp/ENI a fim de cumprir com os termos contratuais, era suposto ter efectuado um poço de exploração no ano passado (2016). Este requisito foi adiado por mais um ano, para 2017, resultado de atrasos causados pelo governo que estendeu o processo de consulta pública por mais um mês até ao dia 3 de agosto 2016.

De acordo com a informação ainda não confirmada no Correio da Manhã de hoje, parece que a Galp/ENI solicitou uma extensão de mais de um ano para 2018, que alegadamente foi recusada pelo governo. Ao mesmo tempo não podemos esquecer que a DGRM emitiu uma licença TUPEM em 11 de janeiro deste ano, válida até 10 de janeiro de 2019.

 

Tendo em conta o que foi acima dito, temos que questionar se o anúncio de hoje não é uma vez mais outra tentativa de confundir as massas, dado que a licença do TUPEM ainda é válida.

 

Concluíndo, a ASMAA vê no anúncio de hoje, nada mais do que uma nova manobra no complexo jogo de xadrez que está a decorrer entre o governo, as empresas petrolíferas e a população, especialmente tendo em conta as próximas eleições autárticas que estão marcadas para outubro deste ano.

Podemos assumir então, que o anúncio no Correio da Manhã, nada mais é do que uma tentativa por parte do governo, em colaboração com as companhias petrolíferas, de reduzir o risco dos eleitores mudarem a sua intenção de voto durante as eleições - para reduzir o risco de uma mudança de poder nas autarquias do Algarve e do Alentejo. Mas somos também da opinião que depois das eleições, o governo voltará aos “negócios do costume - business as usual”.

 

Entretanto, a ASMAA prosseguirá com todas as suas campanhas de oposição á exploração de petróleo e gás planeadas para decorrer este verão a partir de junho até às eleições.

 

 E hoje foi interessante observar uma queda dos 'papéis' da Galp Energia, na bolsa de Lisboa.

 

You are here: HomeOil and GasNem Um FuroCampaign ArticlesA Galp, o Governo, a população e o jogo de xadrez político!
  • ASMAA - Algarve Surf and Marine Activities Association
    NIPC: 510 381 952
    Tel: 00 351 282 182 103
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    asmaa-algarve.org
    Rua Dr. Alberto Iria
    Lote 12, R/C Esq
    Porto de Môs
    Lagos 8600-580
    Portugal
Go to top