English Dutch French German Portuguese Spanish
Menu
Oito projetos de inovação na área da energia solar foram apresentados em 2009 e começaram a produzir em 2014, e há dois que, ainda hoje, não estão ligados à rede. As rendas excessivas destes empreendimentos agravam a conta da luz em mais de 40 milhões ao longo de 12 anos.
O ministro do ambiente, ou pelo menos quem no papel exerce-se tal cargo, João Matos Fernandes, não vê qualquer problema na renovação do contrato com a ENI/Galp para avançarem quando quiserem, até 2019, com um furo para pesquisar petróleo no fundo do mar ao largo da Costa Vicentina na Bacia…
O Deputado Socialista (Pedro do Carmo) eleito pelo círculo de Beja endereçou as seguintes perguntas ao governo sobre a prospeção e exploração de hidrocarbonetos no litoral alentejano, como se pode ler abaixo.
Tudo fazia crer que à semelhança da decisão tomada em relação aos contratos da Repsol/Partex e Portfuel, anulação, o Governo decidisse de igual forma quanto à possibilidade do primeiro furo em águas profundas, na Bacia do Alentejo, ao largo de Aljezur e de toda a área do Parque Natural do…
29/01/2017 - Hoje escrevo, não só ao Presidente da República, mas também, a quem acredito, Ser, um grande Constitucionalista, Professor, Homem, Pai, Avô, Cidadão Português e do Mundo.
Ontem, a ASMAA descobriu que o DGRM deu autorização no dia 11 Janeiro 2017 ao consórsio da Galp/ENI para fazer o primeiro furo na Bacia do Alentejo - no mar de Aljezur. Foi como um choque elétrico enfrentar esta realidade. Mas a luta continua!
José Simão é desde o dia 23 Janeiro 2017, o novo Director Geral da Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, DGRM em substituição de Miguel Sequeira.
Qual a tua opinião? Devemos de ter o direito de respostas da Ministra do Mar e do Director da DGRM? Sim? Então assina a petição - o link está em baixo.
Nas respostas dadas pelo Governo ao Bloco de Esquerda e aos Verdes no dia 9 Janeiro de 2017, ficou claro de que todos os contratos com o consórcio Repsol/Partex no Algarve mantem-se em vigor.
A Procuradoria-Geral da República (PGR), num parecer publicado esta segunda-feira, conclui que a Portfuel, do empresário Sousa Cintra, não tem direito à devolução de rendas e taxas pagas desde 2015 para a prospeção e exploração exclusiva de petróleo no Algarve.
O Governo confirma ao Bloco de Esquerda e aos Verdes, a rescisão dos contratos com a Portfuel de Sousa Sintra, como também a execução das cauções com a Partex/Repsol para a exploração petrolífera e de gás no Algarve.
Perguntas feitas por Andre Silva do PAN na Assembleia da República ao Ministro da Economia, no dia 4 Janeiro 2017. Agora ficamos a aguardar as respostas do ministro.
PGR Parecer n.º 12/2016 (21 de dezembro de 2016): Portfuel Contrato. Contrato de concessão para a prospeção, pesquisa, desenvolvimento e produção de hidrocarbonetos celebrado com a Portfuel - Petróleo e Gás de Portugal, Lda., em 25 de setembro de 2015, para as áreas onshore da Bacia do Algarve, denominadas Aljezur…
Um exemplo clássico do tipo de respostas recebidas de deputados do PS neste momento. Vamos manter esta comunicação actualisada.
Page 9 of 19
You are here: HomeOil and GasTake Action / Participa
  • ASMAA - Algarve Surf and Marine Activities Association
    NIPC: 510 381 952
    Tel: 00 351 282 182 103
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    asmaa-algarve.org
    Rua Dr. Alberto Iria
    Lote 12, R/C Esq
    Porto de Môs
    Lagos 8600-580
    Portugal
Go to top