English Dutch French German Portuguese Spanish
Menu

Lítio na Serra D'Arga: Exige-se uma tomada de posição por parte da CIM.

Só porque tenho ouvido, pessoas com responsabilidades, a opinarem sobre a exploração do Lítio na Serra D' Arga, sem conhecerem realmente a questão a fundo.

 COMUNICADO

 

Só porque tenho ouvido, pessoas com responsabilidades, a opinarem sobre a exploração do Lítio na Serra D' Arga, sem conhecerem realmente a questão a fundo:

1- A classificação da área maciço e afluente do Rio Âncora, não tem nada a ver com a área que está para prospeção.

Repetirem isto é passarem a si próprios um atestado de desconhecimento completo do problema, e quererem enganar, deliberadamente, a população;
A Serra D'Arga é um conjunto montanhoso e não se resume ao seu maciço central.

2 - Partidos à parte, até porque o trio municipal: Melgaço, Monção e Arcos de Valdevez deram exemplo disso, a questão da prospeção/exploração do lítio está a ser tratada de forma pouco esclarecedora junto das populações de Caminha, Viana do Castelo, Ponte de Lima.

Estes três municípios insistem na ideia da área da candidatura talvez, na tentativa deliberada de pôr as pessoas com outro foco (e certamente que não é por desconhecimento das áreas, porque se a população desconhece, eles têm obrigação de saber ) de forma a puderem tomar as decisões tranquilamente que agradem só a quem gosta de falar de Ambiente na comissão da Economia;

3- Vila Nova de Cerveira está dentro da área para prospeção /exploração, e a passar ao lado da discussão sobre o tema. Covas, por exemplo, também tem elevada concentração de lítio.

É importante que o Presidente da Câmara assuma uma posição acerca deste assunto;

4- Ouvir dizer, pessoas com grandes responsabilidades políticas, que passaram a ideia de serem contra a prospeção/exploração na serra d'Arga, lendo-se só nas entrelinhas o facto de ser só na área a candidatar é chocante.

Não me choca pela posição, porque se fossem a favor teriam as suas razões e deveriam ser respeitados por isso, mesmo eu não concordando. O problema é ter a clara noção de que querem ficar bem com Deus e o Diabo. Querem passar uma imagem à população e estão por trás a defender outra.

Ouvir dizer que até nem são contra a prospeção porque isso " são só uns furinhos", é no mínimo doloroso para quem tem defendido de alma e coração aquele território. É importante que se informem ou visitem o Barroso, por exemplo, e verão que esta prospeção, não são só uns "furinhos".

5- Querer atenuar o impacto do problema alegando que depois da prospeção haverá um Estudo de Impacto Ambiental antes de tomarem a decisão sobre a exploração é no mínimo surreal.

Então reparem : a empresa vai prospectar, encontra concentrações de Lítio em quantidades rentáveis, e depois são elas próprias que fazem esse Estudo de Impacto Ambiental para concorrerem à dita exploração. Convenhamos, que está mesmo a ver-se que Estudo vai sair dali...

7- Por último, não se entende como é que a CIM ainda não assumiu uma posição clara nesta matéria.

A CIM tem que discutir este assunto no seu seio e emitir um parecer para a população, seja ele qual for.

 

O Alto Minho é só um, não se pode aceitar que no lado da Peneda e do Soajo sejam contra, e bem, e não deixem delapidar o território e do outro não se importem e permitam que esventrem a Serra D'Arga à vontade.

 

 

Temos que estar unidos na defesa de todo o Alto Minho. Exige-se uma tomada de posição por parte da CIM. Esta questão não é partidária, mas é política !

 

A decisão final será política, portanto não vale a pena deixar a guerra, somente, nas mãos dos movimentos civis. Todos os que têm responsabilidades políticas (independentemente dos partidos) devem assumir posições porque a grandeza da causa assim o exige.

 

É um facto que as pessoas estão desiludidas com a política.

É um facto que, como supra referi, há políticos que gastam as suas energias a tentarem arranjar técnicas de marketing para passarem a sua mensagem, limparem a imagem, adormecerem a população com contos de fadas, para puderem tomar decisões sem contestações.

É um facto que os que defendemos causas somos maltratados, insultados e intimidados por quem quer manter o poder ou tomar decisões à rebelia da maioria da população.

É um facto que muita gente, principalmente os que não são da zona, preferem argumentar com "telemóveis" ou "carros elétricos", como se isso dependesse do nosso território. Para além disso, para alguns é-lhes um pouco indiferente o estado em que ficará o nosso território.

Longe da vista, longe do coração, já diz o velho ditado português; É um facto que onde uns vêem dinheiro, outros pensam nos seus solos e nas suas águas que ficarão para sempre contaminadas e destruídas;

 

Mas eu quero acreditar em Portugal. A população tem que ser chamada a decidir. É o nosso País. É o nosso chão.

 

Não podemos deixar que algumas cabeças decidam por 10 milhões de portugueses, numa matéria tão importante como esta que irá causar impactos territoriais, ambientais, paisagísticos e poluentes fortíssimos.

 

 

 

 

You are here: HomeMiningLithium MiningLithium PTLítio na Serra D'Arga: Exige-se uma tomada de posição por parte da CIM.
  • ASMAA - Algarve Surf and Marine Activities Association
    NIPC: 510 381 952
    Tel: 00 351 282 182 103
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    asmaa-algarve.org
    Rua Dr. Alberto Iria
    Lote 12, R/C Esq
    Porto de Môs
    Lagos 8600-580
    Portugal
Go to top