English Dutch French German Portuguese Spanish
Menu

António Costa diz que o Furo de Aljezur é para avançar.

O Primeiro Ministro, António Costa foi ao 5 Para a Meia Noite e depois do tema ser abordado algumas vezes, até com um sketch a Filomena perguntou:

 

 

Filomena: "O FURO DO PETRÓLEO, EM ALJEZUR VAI MESMO ACONTECER?"
António Costa: "SIM" ... "ESPERO QUE SIM!"

Filomena: "APESAR DE TODOS OS PROTESTOS?"
António Costa: "APESAR DE TODOS OS PROTESTOS!"

 

 

Pode ouvir neste link aqui: A partir do Minuto 6:45 "O furo de Aljezur com António Costa"

 

Protestos e Manifestações

Como temos vindo a avisar ... estamos na recta final, e de repente aparecem tantos a protestar. Mas aonde estiveram estes indivíduos (e organizações) os anos todos? muitos que estão a dar caras agora? A realidade, é que até agora muitos poucos se manifestaram, participaram em acções e protestos, ou fizeram o seu dever cívico de ajudar quem tem estado na luta há anos.

 

Ir para a rua protestar durante meia duzia de horas, ou um dia ou dois, ocasionalmente, já nada vai resolver - porque na nossa opinião já é tarde para esse tipo de acções - mas deve dar um falso sentido de bem estar a esses individuos, porque no dia seguinte vão de volta à sua vida "normal".

 

 

Vai o governo realmente ouvir e agir a favor da população e ambiente com este tipo de manifestações?

Claro que não ...

Manifestações neste momento, só iriam realmente ter impacto se minhares (não uma mão cheia) fossem por exemplo para a porta da Assembleia da República dias a fio, e lá ficassem até o governo cancelar o furo de vez.

Mas infelizmente, isso não vai acontecer, porque a população "tem coisas mais interessantes/importantes para fazer"  - "ou porque há malta a agir para proteger os meus interesses, por isso eu vou continuar com a minha vida"..."ou não quero dar a cara" ... "estou de férias" ... ou, ... ou, ou ...

e o governo (e as companhias) conta com esta apatia/desinteresse/e até "medo" de represálias por parte da população.

 

 

Na nossa opinião, neste momento do campeonato, estamos sem tempo (e sem recursos) - é tarde para agir-mos dessa forma (com pequenas manifestações).  Infelizmente as câmaras municipais mais afetadas, também não parecem que estão realmente a agir - aonde estão os boms planos de acção - especificos e bem pensados? - em vez disso, temos algumas "moções de desagrado" mas sem dentes. (e mesmo estas, são poucas) ... o que nos faz perguntar porque existe esta apatia também no poder local?

 

Por isso, a única coisa que pode travar o furo realmente neste momento, é uma ordem de tribunal, porque o governo não o vai fazer ... não existe vontade politica para isso. Neste momento, só uma providência cautelar com poder suspensivo o vai poder fazer. Somente este género de decisão jurídica conseguirá travar o furo.

Mas há tanta fumaça a andar por aí vinda de todos os lados ... que está a criar tanta, mas tanta confusão .

 

Vamos lá ver ... a dita intenção da "Camâra de Odemira e AMAL"

De acordo com a imprensa regional, a camâra de Odemira quer fazer uma acção jurídica - nomeadamente levar a acção ao tribunal Europeu para forçar que um estudo de impacto ambiental seja feito pela Galp/ENI ...

Se esta informação está correta, o que é que isso quer dizer? Qual o resultado que é pretendido? Que um estudo de impacto ambiental seja feito?

 

 

Se SIM. Isto indica que se o estudo for feito, então o furo pode avançar !!! ... este será o resultado final, nada mais nada menos.

 

 

Mas fomos avisados que a GALP/ENI encomendou um estudo de impacto ambiental há universidade do Algarve. Se for verdade ... uma acção jurídica no tribunal europeu vai cair, porque o propósito da acção está a ser cumprida.

Também temos que olhar para o tempo que falta ... 7 semanas ... será tempo suficiente para interpor uma acção juridica, e ter uma resposta do tribunal europeu? - e o furo ser suspenso a partir do dia 15 de Setembro, em tempo de prevenir que os trabalhos comecem no mar? Temos que ter em conta, de que normalmente uma acção no tribunal europeu leva pelo menos 2 anos antes de se ter uma resolução!

 

TAF de Loulé - Acção jurídica da PALP - 1 de Agosto

Também não podemos esquecer a acção da PALP que vai ter a ultima intervenção no tribunal no dia 1 de Agosto ... a partir desse dia vamos ter que esperar a decisão da juíza ... o que provavelmente o fará até o dia 15 de Setembro (sendo esta a data definida pelo secretário de estado da energia – Jorge Sanches para o periodo de embargo do furo, que é realmente e sempre foi, a única data importante na luta contra o furo este ano)

 

O que nos resta neste momento?

A acção jurídica da ASMAA a contestar a lei de 94, continua em tribunal, e se o furo for mesmo para avançar ... a ASMAA vai entrar com uma providência cautelar para tentar travar o furo, porque não vemos nas acções a decorrer neste momento, que haja uma outra opção ...

 

A realidade é que estamos todos metidos em dois jogos neste momento - um de Poker e um de Xadrez!

 

Entretanto, o barco do furo (Saipem 12000), está nas Canárias e o Vos Prime (o barco de apoio) está em Gibralta ... like sharks smelling blood ... just waiting ... :-(

 

You are here: HomeNewsNoticiasAntónio Costa diz que o Furo de Aljezur é para avançar.
  • ASMAA - Algarve Surf and Marine Activities Association
    NIPC: 510 381 952
    Tel: 00 351 282 182 103
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    asmaa-algarve.org
    Rua Dr. Alberto Iria
    Lote 12, R/C Esq
    Porto de Môs
    Lagos 8600-580
    Portugal
Go to top