English Dutch French German Portuguese Spanish

Só para aliviar: Vamos às recomendações oficiais da DGS e da OMS

Vamos às recomendações oficiais da DGS e da OMS:

1. É proibido sair da casa a não ser que precises sair de casa. Nesse caso podes.

2. Não é aconselhado uso de máscaras. Ou é. Talvez seja. É obrigatório em certos casos. Talvez. Mais ou menos. Vai ser.

3. Todos estabelecimentos estarão encerrados. Excepto aqueles que estarão abertos.

4. Não vá ao hospital. A não ser que precise de ir ao hospital. Se for, não vá às urgências, a não ser que seja um episódio de urgência.

5. O vírus é mortal, mas não assustador. É de baixa mortalidade excepto que provocou um desastre mundial, mas está tudo bem.

6. As luvas não protegem. Ou podem proteger, depende do dia ou de quem recomenda.

7. O vírus não afecta crianças, excepto as infectadas ou as que se irão infectar.

8. Os animais não são transmissores, embora um gato tenha testado positivo. E um tigre. E pelo menos um morcego (ou uma sopa deles) E talvez um pangolim. Não importa.

10. Pode ter vários sintomas e não estar infectado com COVID19, mas também pode estar infectado e não ter sintomas nenhuns, ou estar e ter, ou contagiar sem ter sintomas ou sintomar sem ter contágio ou sei lá o quê. Nunca se sabe! Recomendamos fazer sempre o teste. Mas não há testes.

11. Pratique exercício físico. Mas no passeio da sua cidade, se resolver fazê-lo na mata, afastado dos outros, é um fura quarentenas, pode ser preso e vai certamente ser ostracizado nas redes sociais. Ir á pesca sozinho no seu barco também é proibido. Exercício é correr no passeio do seu bairro pelo menor tempo possivel.

12. Apanhe ar fresco. Na varanda. O mesmo ar fresco depois da soleira da porta é mortal e convém tapar a cara com um lenço.

13. Sob nenhuma circunstância vá a lares de idosos. É por eles que estamos em casa. Antes podia, agora mais ou menos. Excepto se precisar levar alguma coisa tipo comida ou medicação, como se lá não houvesse, fazemos de conta que é tudo maluquinho. É proibido, mas pode-se fazer.

14. Mantenha a distância social recomendada, 2 metros. Quando for ao pão atire as moedas que o padeiro atira-lhe os papo-secos de longe, mas lembre-se: se cair no chão está contaminado!

15. O vírus mantém-se nas superfícies uma hora. Ou duas. Ou seis. Talvez quatro dias. Ou só aos fins de semana. Tanto faz. Não toque em nada e não tire catotas do nariz.

16. Segundo demonstrado o vírus mantém-se no ar durante alguns minutos. Ou não. Ou sim. Ou minutos ou segundos. Ou horas. Depende da brisa, do calor, da luz solar, do local, da humidade do ar, do cheiro, da conta do gás ou da programação da televisão. Ninguém sabe. Evite respirar. Ou use uma viseira, esse equipamento vai por artes do oculto e magia negra filtrar o ar que entra nos seus pulmões.

17. Estamos a contar os óbitos. Se alguém falecer com pneumonia, cancro ou outra doença, mas tiver Covid, será contabilizado como morte por COVID. Se tiver Covid e morrer atropelado, também. Ninguém sabe quantos morrem de Covid ou com Covid, mas isso também não importa.

18. O vírus não será ameaça quando atingirmos a imunidade colectiva e só aí vai desaparecer. Mas fique fechado em casa, até ele desaparecer. Talvez desapareça na mesma.

19. Funerais estão proibidos devido ao perigo de contágio. Lembre-se: quando há pessoas juntas há perigo de contágio.
Se estiverem mortas ainda pior..

20. O COVID é perigoso todos os dias na rua, não saia de casa! Excepto todos os dias quando uma força de segurança se aproxima de nós para nos mandar pra casa. Definitivamente se pertencer à PSP ou GNR não será infectado e pode participar nas ações de rua que estão a acontecer por todo o país.

E por último, uma especial:

21. Há ajudas especiais para manter salários e empregos, para quem pague tudo, incluindo impostos, se atrasar os pagamentos já não tem direito, ou seja, quem estiver mesmo á rasca não vai ter direito. Quem tiver dívidas ao fisco ou segurança social também não. Quem estiver com dívidas de agora também zero. Quem não conseguir manter os empregos também não pode. Quem não estiver em layoff também não. Nem quem perdeu o emprego. Nem quem facturou mais de 60mil ano no ano anterior. Nem quem facturar alguma coisa agora. Nem quem for patrão dele próprio. Nem quem goste de futebol. Também não são para ajudar quem está com fome, como estão em casa podem morrer á vontade que ninguém repara. Nem quem respire. Ninguém. Mas há milhões para ajudar, só que não são para ajudar ninguém.

Pronto, está tudo esclarecido!!!
E é isto que os governantes nos dizem!

You are here: HomeNewsNoticiasInformação GeralSó para aliviar: Vamos às recomendações oficiais da DGS e da OMS
  • ASMAA - Algarve Surf and Marine Activities Association
    NIPC: 510 381 952
    Tel: 00 351 282 182 103
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    asmaa-algarve.org
    Rua Dr. Alberto Iria
    Lote 12, R/C Esq
    Porto de Môs
    Lagos 8600-580
    Portugal
Go to top